A troca de óleo a cada 5 ou 10 mil km faz parte da manutenção preventiva de todo veículo, afinal, o lubrificante é o responsável em envolver cada peça metálica dentro do motor evitando atritos. Já o óleo retirado dos veículos em postos ou centros automotivos são acumulados em barris próprios e transportados para o reaproveitamento em refinarias, mas, segundo a Agência Nacional do Petróleo, o índice não atinge nem 30%.

Os problemas gerados são enormes, como a agressão ao meio ambiente, visto que apenas 1 (hum) litro de óleo lubrificante pode contaminar 1 milhão de litros de água, além de inutilizar o solo, assim, como as consequências na saúde com descarte indevido de óleos lubrificantes podem gerar doenças incuráveis.

E pensar que tantos problemas poderiam ser evitados simplesmente com a conscientização da importância em reciclar o óleo lubrificante, sem falar das vantagens econômicas das cidades que não teriam que gastar milhões para recuperar a natureza.

E não é apenas o descarte dos óleos lubrificantes que trazem consequências, pelo fato de ser produzido a partir do petróleo, o óleo mesmo novo, já é tóxico, e como o produto recebe vários tipos de aditivos, potencializa ainda mais, os efeitos contaminantes, por isso, é tão importante a manipulação do produto de maneira correta.

A contaminação do solo pode acontecer não apenas com descartes indevidos como o despejo na terra, ou direto em esgotos, visto que o perigo começa na embalagem do produto, pois, uma simples gota de óleo novo pode ocasionar uma contaminação, principalmente para o frentista que manuseia o produto, e se for usado, o risco é maior devido a deterioração e contaminação com partes metálicas, entre outros!

O CONAMA, Conselho Nacional do Meio Ambiente, alerta que as substâncias encontradas nos óleos lubrificantes usados, podem trazer riscos sérios a saúde, as vezes com problemas irreversíveis, por isso, o descarte e o manuseio correto são extremamente importantes.

O óleo lubrificante usado, gera compostos perigosos para a saúde e para o meio ambiente, tais como dioxinas, ácidos orgânicos, cetonas e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, além de conter elementos tóxicos, como cromo, cádmio, chumbo e arsênio, oriundos da fórmula original ou absorvidos do próprio motor do equipamento.

Confira abaixo, algumas das doenças geradas pelas substancia químicas que ha nos óleos lubrificantes:

  • Chumbo

Intoxicação, vômitos, diarreias, dores abdominais, danos no sistema nervoso, câncer nos rins e sistema linfático. Acumula principalmente nos ossos;

  • Cádmio

Dores musculares, danos no fígado e nos rins, irritabilidade, debilitação dos ossos e câncer nos pulmões e traqueia. Acumula principalmente nos ossos, rins e fígado;

  • Arsênio

Alteração na pressão sanguínea, nefrite crônica, cirrose hepática, câncer na pele, pulmões e fígado;

  • Cromo Hexavalente, CrVl

Diferente do cromo trivalente (CrIII) essencial na potencialização da insulina. Pode causar no organismo dor abdominal, dermatite, crescimento do fígado e câncer nos pulmões, fígado e pele;

  • Dioxinas

Câncer no sistema respiratório, vômitos, dor e fraqueza nos músculos, problemas de pressão e distúrbios cardíacos;

  • Hidrocarbonetos Policíclicos (Polinucleares) Aromáticos;

São cancerígenos, afetam os pulmões, o sistema reprodutor e podem causar deformações em feto – teratogênico;

Vale frisar que a maioria dos contaminantes são bioacumulativos, ou seja, permanecem no organismo durante muito tempo, por isso, caso sinta algum desconforto, procure um médico!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contato Segurança *

Nota Imagens meramente ilustrativas. Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da Hulk Equipamentos Automotivos Ltda ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público. Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato). O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito. Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários. Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas. Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados. Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade. Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual ou certificado de garantia.

Publicações Recentes

O que é esqui lateral e como se faz?

Na Arábia Saudita, entre os jovens há um costume perigoso conhecido como “esqui lateral” (em tradução livre). Que consiste em trafegar o maior tempo possível com as duas rodas do veículo. Visto como uma espécie de hobby no país, algumas pessoas se arriscam...

ler mais

Vídeo do SUV Urus no deserto lançado pela Lamborghini

Lamborghini já marcou a data de lançamento de seu novo SUV, o Urus. O modelo será revelado em 4 de dezembro. Os italianos, porém, divulgaram no  dia 9 de novembro  um vídeo em que o utilitário aparece realizando diversas manobras em um deserto. No vídeo, o...

ler mais

Quais cuidados se deve ter com câmbio automático

Não tem nada mais confortável que dirigir um carro automático. No entanto a durabilidade depende de bons tratos e da utilização de maneira adequada. Então, que tal aprender um pouco sobre os cuidados com câmbio automático para descobrir se tem maus...

ler mais

Onde ZF inaugurou um Centro de Treinamento

Onde será o novo Centro de Treinamento A ZF Aftermarket inaugurou em Itu/SP) o seu novo Centro de Treinamento para concessionárias ZF que atendem veículos comerciais e equipamentos fora de estrada em toda a América do Sul. Localizado no mesmo site onde já...

ler mais

5 Motivos para você escolher um Elevador Hidráulico

O Elevador Hidráulico possui sistema de elevação Hidráulica mais seguro. O Sistema de Elevação por Cilindros Hidráulicos já é usada no Brasil a décadas, principalmente em máquinas de grande porte, como Empilhadeiras e Retroescavadeiras, além de Elevadores Prediais, Comerciais e Residenciais. O Sistema hidráulico tem destaque mundial no uso de máquinas e equipamentos, quando o assunto é força e durabilidade.

ler mais